As imagens seguintes foram obtidas do blog de Luiz Otávio Andrade 

Biografia resumida de Marino Pinto. Recorte de uma publicação da qual não sabemos a autoria.
Clique no texto para ver a imagem aumentada.
Família de Marino Pinto.


Modelo do aerostato "Cruzeiro do Sul", de Leopoldo Silva..
Leôncio Correia da Silva, filho de Leopoldo Silva, recebendo
homenagem em nome do pai no Cine Bom Jardim.
A homenagem contou também com show da "Esquadrilha da
Fumaça" nos céus de Bom Jardim.
NAVEGAÇÃO AÉREA: UM FATO HISTÓRICO

(Texto extraído do jornal bom-jardinense "A Verdade")

Manoel Joaquim Correia da Silva, pai do inventor brasileiro Leopoldo Silva, nasceu em Portugal onde tinha 21 irmãos. Tendo imigrado para o Brasil, casou-se com Emília Henriques Correia da Silva, natural do Estado de Minas Gerais. Após seu matrimônio foi residir no lugar denominado “Aliança”, no Município de Vassouras, neste Estado, onde adquiriu por compra a situação de nome “Cachoeira Bonita”. Criou e educou 17 filhos. Leopoldo Silva não nasceu em Vassouras porque seu pai era proprietário da fábrica de cerâmica de “Penha Longa”, município de Mar de Espanha, onde se encontrava a passeio por ocasião do seu nascimento.

Manoel Joaquim Correia da Silva e esposa, as suas expensas, formaram diversos filhos nas seguintes carreiras: engenharia civil, idem naval, medicina, farmácia e professoras, sendo que os demais completaram o curso ginasial.

Como ficou dito acima, Leopoldo Silva nasceu em “Penha Longa” a 21 de abril de 1849. Cursou escola superior, tendo depois optado pela carreira comercial, quando foi colega no comércio e adepto das doutrinas do grande republicano Silva Jardim. Mais tarde seguiu para Pernambuco tendo neste Estado solicitado a sua inclusão no batalhão patriótico prestes a seguir para a guerra no Paraguai. Ao chegar á capital da República, sendo menor, seu pai conseguiu sua exclusão das fileiras. Em seguida mudou-se para Bom Jardim, indo residir em São José do Ribeirão, onde dedicou suas atividades no comércio de lojas. Casou-se a 1869 com D. Maria Luiz de Castro Chevrand, filha de Joaquim Chevrand, havendo deste matrimônio 12 filhos entre os quais mencionamos Leôncio Correia da Silva, agrimensor residente nesta cidade, que por gentileza nos forneceu grande parte destas notas.

Leopoldo Silva depois mudou-se para sede deste município, naqueles tempos distrito de Cantagalo. Aí estabeleceu-se com casa comercial tendo em seguida adquirido o Hotel Bom Jardim. Em 1889 planeou o aeróstato dirigível “21 de Abril” com o volume de 1.177 metros cúbicos, cujo esqueleto foi construído e ainda se encontrava, há anos, em uma fazenda de Vassouras. Desde que foi requerido privilegio ao governo imperial alemão cuja patente e mais documentos foram arquivados no Museu Nacional em 1922. Transferindo o Hotel para cuidar exclusivamente do seu invento, fundou uma “Sociedade Particular de Navegação Aérea” com ações de 100$000 Cem Mil réis ao portador, cujo teor transcrevemos:

"O portador da presente ação terá no prazo de 12 meses, direito ao triplo do seu valor se o respectivo inventor abaixo assinado obtiver o resultado que espera, aliás crível em virtude das opiniões de alguns profissionais que assinaram as primeiras experiências feitas no Rio de Janeiro, com o balão denominado “Cruzeiro do Sul”, Estado dom Rio de Janeiro, Cantagalo, 5 de março de 1890. O inventor responsável (assig.). Leopoldo Silva".

O “Cruzeiro do Sul”, segundo aeróstato idealizado por Leopoldo Silva, sem dúvida, serviu mais tarde na Alemanha de modelo para o Zepelin (conforme modelo na foto), sem, entretanto nenhuma menção ao seu verdadeiro inventor. Os acionistas foram em número de 82, quase todos já falecidos. A primeira cautela foi assinada em 01/01/1890 e a última em p2 de novembro do mesmo ano. Leopoldo Silva não conseguia terminar a construção do “Cruzeiro do Sul” por ter se agravado o seu estado de saúde, tendo seguido para o Rio de Janeiro onde se submeteu a tratamento médico mais completo em casa de um seu irmão, residente a Rua Silva Manoel, nº 11, em Riachuelo. Nem os cuidados do irmão amigo puderam conservar-lhe a vida preciosa, pois veio a falecer ainda muito jovem, com apenas 43 anos de idade. Foi sepultado no cemitério do Caju por conta das irmandades N.S. do Carmo e S. João Batista, das quais era irmão remido.

Eis em ligeiras notas as principais notícias acerca do precursor do Zepelin, cuja memória não será esquecida por todos aqueles que sabem apreciar, dar o justo valor, ao grande amigo de Bom Jardim do passado. Sua inteligência inventiva muito contribuiu, antecipadamente, para o desenvolvimento da aviação do mundo. Não devemos esquecê-lo e, como Santos Dumont e outros, muito cooperaram para o orgulho e glória do nosso amado Brasil. (Jornal A VERDADE)

Nota do blogg de Luiz Otávio Andrade - Instituto Histórico e Geográfico de Bom Jardim:
Batismo do avião "Leopoldo Silva", em homenagem ao inventor do balão dirigível.
Aqui em Bom Jardim e em Cantagalo, foram realizado vários teste com o dirigível, que foi confeccionado em seda pura por D. Mariquinha. Existem provas que o dirigível chegou a subir 100 metros de altura, mas lhe faltou dinheiro para a conclusão do projeto. A maior prova é que existe um avião no museu da aeronáutica com seu nome: LEOPOLDO SILVA! E também que o famoso Zepelin, surgiu após esse dirigível. Onde estará escondida essa verdade?
Postado por INSTITUTO HISTÓRICO E GEOGRÁFICO

As Crônicas de Nárnia, no cinema de Bom Jardim

In:


" Roda de Choro" em 4 de maio

In:
A Secretaria Municipal de Turismo, Esporte, Cultura e Lazer de Bom Jardim - STECLA confirmou a realização da Roda de Choro na manhã de domingo, 4 de maio de 2014. O evento acontecerá, como sempre tem ocorrido, ao lado da banca de jornais no centro da cidade. O início está marcado para as 10h30min.

Livre e gratuito!!



O filme "Heleno - O príncipe maldito", exibido no Cine Bom Jardim (Cine-teatro Edmo Erthal) no último sábado (12-04-2014) trouxe à memória do bom-jardinense Pery Carriello fatos relevantes acerca de contato havido entre Heleno de Freitas e Ewald Matta.

Por Pery Carriello
Ouvi certa vez de meu pai, em sua oficina onde EWALD MATTA (atleta do Bom Jardim Esporte Clube) sempre ia, por serem amigos, o jogador contar que no tempo em que fora goleiro do "Canto do Rio Futebol Clube" (de Niterói), mas que disputava a 1ª divisão do Campeonato Carioca, ter jogado contra o Botafogo de HELENO DE FREITAS. Como tinham gênios parecidos, quase brigaram num lançamento sobre a área, cortando ele a finalização, trombando no ar com HELENO DE FREITAS. 
Na sapataria de seu Nelo Hoelz (avô de Taninho e Cadô) havia na vitrine da oficina um recorte de jornal do Rio com Ewald Matta num belo voo, defendendo o gol do Canto do Rio. Sentíamos orgulho ao ver aquela foto, preservada por seu Nelo.
Um dia cogitei de saber por onde andava esse recorte, e acho que poderia estar com o filho, Renato Hoelz, a quem passara a oficina. É peça de museu  e, se confirmado isso, se Taninho e Cadô permitirem que se faça uma cópia, banner ou outra boa reprodução, será peça valiosa no acervo do Projeto Mídia Digital, sob  a temática do futebol bom-jardinense.
EWALD MATTA, voltando para Bom Jardim, passou à meia-esquerda do Bom Jardim Esporte Clube, sendo o maior craque de sua história...
Quando da inauguração da Quadra Esportiva Polivalente, ao lado da Casa da Cultura, pelo prefeito Mário Nicoliello, este homenageou Ewald, convidando-o para dar o chute inicial da partida de futebol que se seguiria. E é possível que se ache foto da cena por aí. 
Abraços, Pery.
Em 9 de abril de 2014.

STECLA no Sábado Solidário

In:
A Secretaria Municipal de Turismo, Esporte, Cultura e Lazer de Bom Jardim - STECLA colabora com o evento promovido pela APAE-BJ, o "Sábado Solidário".


A Coordenadoria de Cultura fará uma exposição de fotos antigas, enquanto que a Coordenadoria de Esportes colaborará com uma apresentação da banda de tambores "Olodum do Jardim Boa Esperança".

Veja a seguir a programação completa:



Projeto "Arte na Serra" retornou às atividades

In:

Exibição de vídeo feito com os alunos. Início da aula de 9/4/2014.
Foto: Projeto Mídia Digital.
Sob a coordenação de Nehemias Rezende, o projeto "Arte na Serra" está de volta a Bom Jardim. Neste ano de 2014 está sendo oferecida uma oficina de vídeo para pessoas a partir dos 12 anos de idade. 

Discussão acerca da distribuição de tarefas.   9/4/2014
Foto: Projeto Mídia Digital.
O Ponto de Cultura Arte na Serra é patrocinado pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro e tem o apoio da Prefeitura de Bom Jardim através da Secretaria Municipal de Turismo Esporte, Cultura e Lazer-STECLA. As aulas gratuitas acontecem no Galpão Cultural Margaret de Jesus às quartas-feiras, de 13h às 16h.


Breve histórico do Ponto de Cultura Arte na Serra

“Arte na Serra” é um projeto sócio-educativo de oficinas de artes cênicas, com conteúdo programático composto de técnicas de teatros, circo, e áudio visual voltado para adolescentes e adultos, com idades entre 12 e 28 anos, com duração prevista inicialmente de 03 anos,

Durante todo o ano letivo são ministradas oficinas. A cada seis meses é realizado uma amostra do aprendizado dos alunos através de uma “prática de montagem” onde os alunos fazem um espetáculo.

Distribuição de textos para serem estudados. 9/4/2014.
Foto: Projeto Mídia Digital.
Há 3 anos o curso desenvolve as potencialidades artísticas dos alunos, estimulando o fazer criativo individual e em grupo. As oficinas são realizadas na cidade de Bom Jardim

O primeiro ano foi dedicado as oficinas de circo, o segundo destinado as oficinas de teatro e circo. Neste último ano o foco são aulas de interpretação para vídeo e a realização de "Vídeo-Aulas“ .


Currículo do Coordenador do Ponto de Cultura Arte na Serra:

Nehemias Rezende

As diversas atividades profissionais assumidas por Nehemias Rezende, tanto dentro da companhia Irmãos Brothers como individualmente, ao longo de 30 anos de carreira, dão o respaldo necessário para a criação e Coordenação do Ponto de Cultura Arte na Serra. Iniciou sua carreira em 1981 no grupo teatral “Banduendes” com direção artística de Evandro Mesquita e Patrycia Travassos, no qual atuou por dez anos como autor e ator. Em sua carreira de ator participou de novelas, seriados, filmes, peças teatrais, campanhas publicitárias e etc. Em 1993 com uma vontade cada vez maior de fazer um trabalho que juntasse a experiência da linguagem do teatro com circo e dança, fundou a trupe de circo-teatro IRMÃOS BROTHERS, da qual faz parte há 21 anos como criador dos espetáculos, diretor e ator/acrobata.

"Heleno - O príncipe maldito", no cinema de Bom Jardim

In:
José Henbrique Fonseca, Cláudia Abreu e Rodrigo Santoro na
pré-estreia do filme.
Iniciando uma série de promoções da STECLA (*) para este ano com o tema "Futebol & Memória", volta em abril a exibição gratuita de filmes no cinema de Bom Jardim, em parceria com o Cineclube Prof. Assuramaya. O primeiro filme do ano é "Heleno - O príncipe maldito", com o premiado ator Rodrigo Santoro.

(*Secretaria Municipal de Turismo, Esporte, Cultura e Lazer)

Dia 12 de abril - sábado, 19h, no Cine Bom Jardim (Cine -teatro Edmo Erthal).Classificação indicativa: 14 anos.
A entrada é gratuita!

O Cineclube Assuramaya destaca a colaboração do diretor do filme, José Henrique Fonseca, que autorizou a exibição do filme em Bom Jardim (já que trata-se de filme comercial, mas que será exibido gratuitamente).

Indicações e premiações do filme:

Festival Internacional de Cinema de Cartagena
Melhor Filme - José Henrique Fonseca (Indicado)

Festival de Havana
Melhor Ator - Rodrigo Santoro (Venceu)

Festival de Cinema de Lima
Melhor Ator - Rodrigo Santoro (Venceu)

Prêmio Contigo! de Cinema
Melhor Ator - Rodrigo Santoro (Venceu)
Melhor Atriz - Aline Moraes (Indicada)
Melhor Fotografia - Walter Carvalho (Indicado)
Melhor Figurino - Valeria Stefani (Indicado)
Melhor Diretor - José Henrique Fonseca (Indicado)
Melhor Filme (Indicado)
Melhor Roteiro - José Henrique Fonseca, Fernando Castets e Felipe Bragança (Indicado).

Sinopse - O jogador de futebol Heleno de Freitas (Rodrigo Santoro) era considerado o príncipe do Rio de Janeiro dos anos 40, numa época em que a cidade era um cenário de sonhos e promessas. Sendo ao mesmo tempo um gênio explosivo e apaixonado nos campos de futebol, além de galã charmoso nos salões da sociedade carioca, tinha certeza de que seria o maior jogador brasileiro de todos os tempos. Mas seu comportamento arredio, sua indisciplina e a doença (sífilis) foram minando o que poderia ser uma grande jornada de glória, transformando-a numa trágica história. Baseado no livro “Nunca Houve um Homem como Heleno”, de Marcos Eduardo Novaes.

"Futebol & Memória" - Ainda neste ano em que nosso país sediará a Copa do Mundo, Bom Jardim terá eventos que tratem do assunto somado às lembranças populares e registros históricos: exposição de fotos e exibição de documentários sobre o futebol bom-jardinense (material produzido pelo Projeto Mídia Digital, sob responsabilidade do Prof. Marlon Rodrigues) já estão sendo agendados.

Coro de Bom Jardim representará o município na FEPRO

In:
Imagem: arquivo.
O CORO MUNICIPAL DE BOM JARDIM, estará representando nosso município na FEPRO 2014 (Feira da Promoção em Nova Friburgo) neste domingo , 13 de abril, às 19h, no Teatro do Nova Friburgo Country Club.

Trata-se de um encontro de corais dentro da programação da Feira e será mais um evento onde o Coro Municipal de Bom Jardim, próximo de completar seu 4º ano de atividades sob a regência de João Lassarotte, estará levando um pouco da cultura bom-jardinense em seu repertório, apresentando composições do saudoso Marino Pinto, dentro da diversidade musical explorada pelo coral.

A FEPRO 2014 começou no dia 9 e prossegue até 13 de abril, com muitos eventos e promoções (lembrando que o ingresso custa 3 reais e aniversariantes do dia, apresentando documento, poderão ganhar brindes).

Projeto itinerante do Circo Crescer e Viver começou sua temporada 2014 por Cardoso Moreira

Fonte: O DIA

Rio - A partir do dia 13 de março o Circo Crescer e Viver dá início às atividades do Circo Volante. O projeto que está em sua segunda edição, percorrerá dez cidades do interior do estado até o fim do ano. O primeiro município a receber a trupe será Cardoso Moreira, de 13 a 23 de março.

Cada apresentação terá capacidade para até 500 espectadores, com metade dos ingressos gratuitos e distribuídos em escolas públicas, organizações e grupos sociais e a outra metade com preços populares (R$ 10 inteira, R$ 5 meia). A programação agrega diferentes espetáculos e reúne várias companhias. Teatro, música, dança e, claro, malabares, trapézio e toda a sorte de magia circense se desenrolam embaixo da lona, encantando crianças e adultos.

Além de Cardoso Moreira, os municípios de Itaocara, Bom Jardim, Conceição de Macabu, Rio Bonito, Itaboraí, São Gonçalo, Parati, Vassouras e Três Rios receberão o projeto.    Foto: Divulgação
“A primeira edição do Circo Volante foi um sucesso total. As pessoas faziam filas mesmo com o circo lotado.O público foi receptivo, caloroso e, ao mesmo tempo, muito exigente”, lembra Vinícius Daumas, diretor-artístico do Circo Crescer e Viver. Sobre a programação de 2014, ele completa: “Este ano teremos uma programação 100% inédita, com companhias que nunca circularam em uma lona de circo. Em relação ao ano passado, o número de cidades contempladas subiu de oito para dez, atendendo a todas as regiões do Estado do Rio de Janeiro”.

Sobre o desafio de se produzir um projeto como esse, Junior Perim, diretor-executivo do Circo Crescer e Viver, explica: "O projeto Circo Volante desenvolve uma nova maneira de colocar em movimento a produção criativa e artística circense e gera nos municípios por onde passa, uma nova percepção sobre este modo de produção".

Programa

Dux, Strada e Circo no Ato

Com patrocínio da Petrobras,por meio da Lei de Incentivo à Cultura do Estado do Rio de Janeiro, o projeto tem como principal objetivo valorizar a tradição itinerante das lonas e artes circenses. Circo Volante apresenta as companhias Circo Dux, Strada e Circo no Ato.

PREÇOS: R$ 10 (inteira)
R$ 5 (meia).

Além de Cardoso Moreira, mais nove cidades estão no calendário da edição 2014 do Circo Volante: Itaocara, Bom Jardim, Conceição de Macabu, Rio Bonito, Itaboraí, São Gonçalo, Parati, Vassouras e Três Rios.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Apresentação

Seja bem-vindo ao blog da Secretaria Municipal de Turismo, Esporte, Cultura e Lazer de Bom Jardim- STECLA.

Nossa proposta é informar sobre os eventos e projetos da STECLA, além de conteúdos ligados à história, geografia, cultura, esportes e lazer do Município de Bom Jardim - RJ.

Fique à vontade para comentar e sugerir. Sua opinião certamente enriquecerá o nosso trabalho e ajudará na orientação adequada das iniciativas futuras.

O Editor


Arquivo

Postagens mais populares

Festa da Flor e Café 2012